Cada Organização da Sociedade Civil (OSC) atua em sua específica área e precisa de recursos para manter suas atividades bem como para custear seus projetos pontuais.

A maioria delas não produz um Plano de Captação de Recursos, onde devem ser inseridas todas as estratégias para manter a permanente sustentabilidade financeira da Instituição.

Após identificarmos as metas e o valor da captação, devemos identificar as Fontes de Financiamento a serem exploradas no Plano de Captação, sendo estes divididos em 4 grandes grupos:

1.INDIVÍDUOS
2.EMPRESAS
3.GOVERNOS
4.PROJETOS DE GERAÇÃO DE RENDA

Na captação com Empresas e Governos encontramos a modalidade de CAPTAÇÃO POR EDITAIS.

Os editais são criados para organizar processos seletivos a fim de que os candidatos (pessoas físicas ou OSCs) possam ser analisados e escolhidos ao final, segundo critérios bem estabelecidos pelo proponente.

Na esfera pública, os editais ou chamamentos públicos são regidos pela Lei n 13.019/2014, o conhecido Marco Regulatório do Terceiro Setor, que disciplina as relações entre o Poder Público (Administração Pública) e o Terceiro Setor (OSCs).

Na esfera privada, muitas empresas e investidores sociais privados (OSCs ligadas às empresas ou famílias) se utilizam dessa ferramenta para determinar os critérios de seleção dos escolhidos para receberem recursos financeiros para custear projetos.

A OSC que deseja ingressar na modalidade de captação por editais deve inserir essa ferramenta em seu plano de captação.

A plataforma PROSAS (prosas.com.br) é uma plataforma de seleção e monitoramento de projetos sociais, que conecta patrocinadores, empreendedores sociais e cidadãos.

Eles já publicaram mais de 3000 editais e é muito interessante a OSC se cadastrar na plataforma e estudar os editais.

Nesse mês, eles publicaram um guia completo sobre editais na área social: GUIA COMPLETO

Quer captar por editais?

Estude!

Equipe Rede Entre Nós – Uma Rede do Bem